Qual o melhor pavimento desportivo para uma box de crossfit?

Montar uma box de crossfit é um processo que pode ser feito gradualmente e de forma descomplicada. Com mais ou menos áreas e equipamentos, é possível ir adaptando o espaço ao número de atletas e à intensidade dos treinos.

No entanto, há um detalhe sobre o qual não pode vacilar: a qualidade do pavimento desportivo escolhido para o revestimento do piso da sua box de crossfit.

 

Porque é tão importante a escolha do piso numa box de crossfit?

Acima de tudo falamos de garantir a segurança dos atletas. Esta deve ser a principal preocupação quando se cria um qualquer espaço de treinos. Uma box de crossfit engloba exercícios muito exigentes do ponto de vista físico e uma pavimentação apropriada minimiza a instabilidade, os riscos de quedas e, consequentemente, de lesões.

Mas há outras questões a ter em consideração: a durabilidade dos equipamentos e também do próprio pavimento desportivo. Optar por um piso resistente e de alta qualidade vai dar maior garantia em termos de longevidade do seu investimento. Além disso, optando por um pavimento com elevada absorção, o impacto dos equipamentos desportivos é atenuado, evitando assim que se danifiquem com tanta rapidez.

 

Que opções existem para pavimentar estes espaços?

No mercado há algumas alternativas disponíveis para revestir o piso de boxes de crossfit, mas isso não significa que todas sejam recomendáveis. Iremos apresentar as principais opções e quais as respetivas vantagens e pontos negativos.

Placas com alvéolos no fundo

Muitas das placas comercializadas como sendo aptas para pavimentar uma box de crossfit são elaboradas com o fundo em alvéolos, para reduzir a quantidade de material necessário no fabrico. Esta opção, em que se enquadram as Safety Tiles da Geometrik, é adequada para parques infantis, por exemplo, pois este tipo de placas oferece um maior amortecimento em caso de quedas.

No entanto, para a prática de exercícios como o crossfit/crosstraining, a estabilidade e, consequentemente, a segurança ficam comprometidas. Também no que diz respeito à durabilidade, esta não é a melhor das opções para esses espaços.

 

Placas com baixa densidade

Existem também no mercado placas de borracha pouco densas, fabricadas com grãos maiores e com menor quantidade de resina, para reduzir os custos de produção.

Apesar de constituírem uma solução mais económica, a durabilidade desta opção é muito baixa. Rapidamente começam a deteriorar-se e desfazem-se com facilidade. Para além disso, o nível de conforto e segurança para os utilizadores da box de crossfit fica reduzido.

Como o seu acabamento é muito poroso e rugoso, este tipo de pavimento desportivo torna-se muito difícil de higienizar.

Placas de borracha de alta densidade

A melhor solução para pavimentar uma box de crossfit é, sem dúvida, recorrer a placas de elevada densidade em borracha. Estas devem ser compactas e robustas, de forma a aguentarem a elevada intensidade a que estão sujeitas durante a prática desportiva. Ao mesmo tempo conseguem proporcionar a estabilidade e segurança necessárias aos atletas de crossfit.

Se optar pelas Alpha Tiles da Geometrik, a variedade que lhe oferece uma melhor relação custo-benefício são as placas com 20 ou 25 mm de espessura. No entanto, para uma proteção máxima do espaço, equipamentos e atletas, a melhor alternativa serão as placas com 40 mm de espessura.

 

Escolher a melhor pavimentação para a sua box de crossfit vai sempre depender da base do espaço, do tipo de atividades a praticar e da intensidade das mesmas. É aqui que pode contar com a experiência e know how da Geometrik. Se procura os melhores pavimentos desportivos para o seu espaço de treinos, nós podemos ajudar com a nossa consultoria e apoio.

SABER MAIS SOBRE AS ALPHA TILES